Reunião sobre coronavírus define, isolamento continua, mas comercio ganha uma flexibilidade maior

De acordo com os entrevistados a analise das medidas tomadas foi positiva, a prova disso, é que Maracaju continua sem o vírus

| ASSESSORIA DE COMUNICAçãO


Reprodução

Em reunião realizada dia 30 de março, envolvendo representantes do comercio, segurança pública, ministério publico e saúde foi feito um balanço sobre as medidas tomadas no município no combate ao coronavírus e quais os procedimentos adotados a partir de agora.
Em reunião realizada dia 30 de março, envolvendo representantes do comércio, segurança pública, ministério publico e saúde foi feito um balanço sobre as medidas tomadas no município no combate ao coronavírus e quais os procedimentos adotados a partir de agora.

Em entrevista nas emissoras de rádio o procurador jurídico do município Pedro Pessato e o presidente da Associação comercial e Empresarial de Maracaju, Fernando Cristaldo falaram sobre as mudanças.

De acordo com os entrevistados a analise das medidas tomadas foi positiva, a prova disso, é que Maracaju continua sem o vírus.

Por isso as medidas devem continuar, principalmente o isolamento das pessoas, devem ficar em casa, só saindo se for necessário. A principal mudança está no comércio houve uma flexibilização com a abertura aos domingos  de mercados, padarias, açougue e conveniência  já partir do dia 05, sendo portando somente até o meio dia, seguindo as mesmas orientações sem aglomeração , menores de 12 anos não podem entrar, idosos acima dos 65 também não devem ir aos mercados.

Lanchonetes, pizzaria e restaurante ainda no serviço de entrega ou retirada no local sem aglomerações e sem consumo no local.

As padeiras poderão abrir ás 6:00 horas e fechar as 19:00 a partir dessa data.

As academias, nunca foram proibidas de funcionar, mas devem seguir as seguintes determinações das 5:00 até as 19:00 horas, com o máximo de 10 pessoas por horário, incluindo os profissionais que trabalham no local.

Procurador Geral  Pedro Pessato disse que foi feito um estudo da situação em todo o Brasil, e que a atual administração está fazendo tudo para proteger a população, e, que também dentro da medida do possível atendendo os empresários, a economia é importante para o município e tem que funcionar, por isso a decisão de abrir os mercados, padarias, conveniência e açougue aos domingos, mas, tudo dentro das normas. “ Esta primeira avaliação nos projetou que estamos no caminho certo, e, por isso vamos manter o isolamento e pedimos a compreensão de todos e a colaboração, vamos fazer uma nova reunião daqui a 15 dias, mas pensamos em manter assim até o final do mês de abril,  certeza só o tempo nos dirá”, disse Pedro.

Disse ainda que hoje, saí um novo e único decreto, com todas as normas.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE