Deputado folião reclama de 'truculência' de policiais no Carnaval de Campo Grande

Ele afirma que a 'juventude está carente de lazer e só quer se divertir'

| TOP MíDIA NEWS/DANY NASCIMENTO


Crédito: Arquivo Pessoal/Facebook

O deputado estadual do Partido dos Trabalhadores, Pedro Kemp, utilizou as redes sociais para reclamar da atuação dos policiais durante o Carnaval na Esplanada Ferroviária, no centro de Campo Grande. Kemp afirma que está frequentando a festa e achou a ação 'truculenta'.

“Infelizmente, vi uma cena no primeiro dia (sábado), que causou grande indignação: a truculência com que a polícia militar agiu para dispersar as pessoas que estavam na avenida Calógeras, após o término do carnaval na Esplanada. Bombas de gás lacrimogêneo, gás de pimenta, tiros de borracha, meios totalmente desnecessários para a ocasião. Vi ali uma juventude, carente de lazer, que só queria se divertir. Se é para fazer a dispersão, outros métodos, menos agressivos e violentos, poderiam ser utilizados”, escreveu o deputado.

O parlamentar afirma que acompanhou o final da festa e pede mais respeito da polícia. “Acompanhei a saída das pessoas da Esplanada após o término das bandas, às 23 horas, e foi tudo muito tranquilo. Precisamos proteger as pessoas no Carnaval e garantir que a diversão seja segura e sem excessos. Conclamo as forças de segurança do estado e do município que planejem ações de respeito à cidadania e de garantia da ordem com proteção à integridade física das pessoas”.

A PM, no entando, afirma que precisou usar da força porque 'diversos indivíduos se aproveitaram do anonimato e começaram a insultar e jogar objetos contra os policiais. Foi dada a ordem de dispersão, porém foram ignorados'. Na ocasião, três pessoas foram presas por desacato, desobediência e resistência.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE