Prefeito Marcos Pacco firma acordo e indígenas desbloqueiam MS 156

A prefeitura de Itaporã ficará responsável pelo transporte dos universitários indígenas nos três períodos por 30 dias

| ITAPORã AGORA


Foto: Divulgação

Após 3 horas de intensa negociação o prefeito de Itaporã Marcos Pacco, conseguiu firmar um acordo com as lideranças indígenas para o desbloqueio da MS-156 Itaporã/Dourados. No local estava acontecendo o bloqueio realizado pelas lideranças indígenas como forma de protesto, devido à falta do transporte para os universitários.

Apesar de Itaporã não ter nada a ver com este impasse entre a comunidade indígena e a prefeitura de Dourados, Marcos Pacco ouviu as lideranças, e externou que a população de Itaporã sofre diretamente com o bloqueio, haja vista, que o fluxo de Itaporaenses que utilizam a rodovia para trabalhar, estudar, pessoas que precisam de atendimento médico dentre outras é muito grande.

No inicio das negociações as lideranças pediram a intervenção do prefeito na abertura de um novo diálogo com a prefeita de Dourados, porém, o prefeito Marcos Pacco reiterou que não podia mediar este impasse pelo fato do problema estar instalado em Dourados e isso seria até desrespeitoso com a gestão da prefeita Delia Razuk. Pacco não questionou a legalidade do movimento, mas expôs as dificuldades que os Itaporaenses passam com esta manifestação.

Após um longo período de conversações, em que esteve presente também o secretario de educação do município de Dourados, o prefeito Marcos Pacco se comprometeu em destinar um ônibus para atender a demanda do transporte dos indígenas por um período de 30 dias, até que a prefeita Delia coloque os ônibus em condições.

Durante as negociações o secretario de educação de Dourados pediu 5 dias de prazo para regularizar os ônibus, porém o prefeito Marcos Pacco, se comprometeu em doar o transporte por 30 dias prazo suficiente para que tudo seja resolvido pela prefeitura de Dourados.

Por outro lado o prefeito Marcos Pacco conseguiu marcar uma audiência segunda-feira. com o deputado federal Beto Pereira, aonde Pacco irá acompanhado de três lideranças indígena para que junto ao parlamentar consiga um ônibus para ficar fixo na aldeia e atender a demanda do transporte universitário dos indígenas.

Vale lembrar que com a chegada do prefeito Marcos Pacco no local da manifestação, diversos órgãos de imprensa, o presidente da OAB de Dourados Alexandre Mantovani representando a prefeita Delia Razuk, e demais lideranças politicas se deslocaram até a reserva indígena. Com esta iniciativa e o comprometimento de se reunir com o secretário de educação de Dourados amanhã pela manhã e firmar o acordo, o prefeito ainda conseguiu uma audiência com o deputado Beto Pereira nesta segunda feira em Campo Grande onde pretende adquirir junto ao parlamentar um ônibus para ficar definitivamente na reserva indígena a disposição pra o transporte estudantil.

Walter Ramos/Assecom



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE