Renegociação de dívidas com a Energisa tem prazo prorrogado

Apenas para clientes considerados de baixa tensão

| CORREIO DO ESTADO / IZABELA JORNADA


Descontos podem chegar até 100% de isenção dos juros - Divulgação

Aqueles que estão inadimplentes com a empresa de fornecimento de energia elétrica, a Energisa, poderão renegociar suas dívidas até o próximo dia 15 de outubro. O prazo foi prorrogado e a campanha é destinada apenas para pequenos consumidores, considerados clientes de baixa tensão.

Com isso, clientes residenciais, comerciais, rurais e industriais poderão obter condições especiais na quitação de débitos. Os descontos que podem chegar até 100% de isenção de juros, multa e correção monetária para pagamentos à vista e parcelamentos (conforme a situação da dívida). O momento é oportuno para os contribuintes que realizarão o saque do recurso do FGTS entre setembro deste ano e março de 2020, anunciado em julho pelo governo federal.

Para negociar o pagamento dos débitos, o titular da conta tem até 15 de outubro para comparecer à agência de atendimento mais próxima, com documentos pessoais em mãos (carteira de identidade e CPF).

Outros canais de atendimento também disponíveis para esclarecer as dúvidas dos clientes são: site (https://www.energisa.com.br/), aplicativo Energisa ON e o telefone 0800 722 7272.

“Este período de liberação do FGTS combinado a uma série de descontos e possibilidades de parcelamentos oferecidos pela empresa, formam uma oportunidade ímpar para negociação e quitação das dívidas de energia elétrica, com o objetivo de facilitar a vida de nossos clientes”, afirma o coordenador Comercial da Energisa, Jonas Ortiz Rudis.

A campanha é voltada para os clientes classificados como baixa tensão com voltagens de 127, 220, 380 e 440 volts.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE