'Na paz', PT diz que definirá nome de consenso para disputa pela prefeitura

Pedro Kemp, José Almi e Zeca do PT são os cotados como pré-candidatos, mas escolha depende de pesquisa e somente em 2020

| CAMPO GRANDE NEWS / SILVIA FRIAS E FERNANDA PALHETA


Kemp, Almi e Zeca são os nomes cotados para a disputa (Foto: Fernanda Palheta)

Pelo menos três nomes já estão sendo cotados no PT como pré-candidatos à prefeitura de Campo Grande: os deputados estaduais José Almi, Pedro Kemp e o deputado federal Zeca do PT. A escolha, porém, somente será definida até maio, depois de consenso, evitando disputas internas.

“De fato, meu nome está sendo cotado, mas tenho dito para o pessoal do partido que a gente deve deixar essa discussão para 2020', disse Kemp, durante a votação do Diretório Municipal do PT, na Câmara Municipal de Campo Grande.

Kemp disse que os três entraram em consenso. “Quem tiver melhor na pesquisa e tiver maior densidade eleitoral vai representar o projeto do PT'.

José Almi confirmou já ter sido sondado e ratificou o discurso do colega, dizendo que a ideia é que os outros dois deem total apoio ao nome escolhido. O deputado disse que tem 23 anos de legenda e, por isso, sendo o “eleito' interno, sente-se na obrigação de honrar a disputa.

Dos três, o único que já disputou a prefeitura de Campo Grande foi o ex-governador Zeca do PT em 1992 e 1994. “Os três nomes são bons, mas tudo será decidido no ano que vem'.

Zeca avalia que este é o momento de reestruturar o PT no Estado, priorizando a convenção estadual, marcada para outubro. “Superada a primeira etapa da eleição interna queremos centrar fogo na montagem da chapa para vereadores'. Somente depois dessas etapas é que o pré-candidato à prefeitura da Capital será definido.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE