EXCLUSIVO: Laudo aponta risco iminente de tragédia elétrica no estádio ‘Douradão’

| DOURADOS NEWS / VINICIOS ARAúJO


(Foto: Franz Mendes)

Fechado para público e interditado pelo próprio município, o estádio Fredis Saldivar, o Douradão, foi alvo de inspeção elétrica e o resultado apontou risco iminente de acidente ou tragédia. 

Construído na década de 1980 sob a gestão estadual de Pedro Pedrossian, o estádio, que tem capacidade para cerca de 30 mil pessoas, está praticamente afundado em irregularidades de engenharia. Neste mês a Prefeitura de Dourados determinou o fechamento das atividades do Douradão até que se resolva todos os riscos apresentados. 

Na maior praça esportiva do interior funcionam a sede da Funed (Fundação Municipal de Esportes de Dourados), a sede do Sindicato da Guarda Municipal, os projetos Dourados Paralímpico, Escolinha de Goleiros, Ginástica Artística e a Escola da Guarda Mirim.

INSPEÇÃO

O Dourados News teve acesso exclusivo a um laudo assinado pelo engenheiro eletricista e de Segurança do Trabalho Marco Aurélio Duarte Alves, cujo resultado apontou a iminência de um acidente ou até mesmo de um tragédia no estádio. 

De acordo com o profissional, através de inspeção visual, conclui-se que as instalações elétricas do Douradão apresentam elevado grau de vulnerabilidade, com diversos pontos que comprometem a segurança elétrica e contra incêndio da edificação e dos equipamentos que a compõem.

Além disso, o engenheiro determinou o imediato desligamento da estação de energia já que esta não atende nenhuma das normas de segurança elencadas.

“Inclusive a alimentação elétrica da subestação do Estádio Fredis Saldivar — Douradão deverá ser desligada imediatamente até que se elimine a não conformidade mais grave, que é a do Arco Voltaico nos isoladores das chaves seccionadoras dentro da subestação abrigada, a qual está levando a instalação elétrica ao risco iminente de um acidente ou até mesmo de uma tragédia”, afirma trecho. 

O QUE DIZ A PREFEITURA?

A reportagem entrou em contato com a gestão municipal através do secretário de Governo Celso Antônio Schuch Santos, que afirmou estar acompanhando todas as vistorias e garantiu que em breve todos os serviços realizados nas dependências do estádio serão transferidas a outros espaços. 

Na secretaria de Obras Públicas, a dirigente da pasta Marise Aparecida Bianchi Maciel, revelou que a prefeita Délia Razuk (sem partido) já autorizou uma requisição a empresa de engenharia da Capital para realização de um projeto que visa analisar a fundo todos os prejuízos no Douradão e estimar os investimentos a serem aplicados.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE