Acidente em SP, entre carro e caminhão, mata campo-grandense da Força Aérea

A vítima foi socorrida para o hospital da cidade, mas não resistiu. Eduardo era cadete do 4º ano da Academia da Força Aérea

| CAMPO GRANDE NEWS / VIVIANE OLIVEIRA


Foto do acidente mostra carro da vítima com as quatro rodas para cima (Foto: repórter Naressi)

O campo-grandense da Força Aérea Brasileira, Eduardo Soldi Navarro, 22 anos, morreu em acidente envolvendo o carro que dirigia e um caminhão. O rapaz chegou a ser socorrido, mas não resistiu. O acidente aconteceu na última sexta-feira (26), na rodovia SP-225, na altura do km 1, em Aguaí, município de São Paulo.

Conforme o site repórter Naressi, a vítima seguia em um GM Prisma, quando se envolveu no acidente e acabou capotando o carro. O motorista de 42 anos fugiu, mas depois procurou a Polícia Civil da área para se apresentar. Ele disse que deixou o local do acidente porque ficou muito nervoso. Porém, antes de ir embora acionou o socorro. O condutor fez o teste do bafômetro, procedimento adotado toda vez que ocorre acidente com morte. O resultado deu negativo.

A vítima foi socorrida para o hospital da cidade, mas não resistiu. Eduardo era cadete do 4º ano da Academia da Força Aérea em Pirassununga (SP). O rapaz deve ser sepultado na tarde deste domingo (28) na capital sul-mato-grossense.

Pelo Facebook, Ana Soldi, mãe de Eduardo, falou sobre o acidente que vitimou o filho. “Informo aos amigos que esse é o dia mais triste da minha vida. Meu filho Eduardo Soldi Navarro faleceu em um trágico acidente de carro enquanto vinha em nosso encontro em Atibaia (SP). Deus assim quis', lamentou.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE