Polícia confirma estupro e prende assassinos de casal com apoio de lideranças indígenas em Dourados

O casal foi encontrado morto ontem de manhã (7) com sinais de crueldade.

| DOURADOS NEWS


Acusados chegando ao 1° Distrito Policial de Dourados.; - Crédito: Osvaldo Duarte/Dourados News

Gelso de Oliveira Arevalo, 38, e Geovane da Silva Vasques, 18, foram autuados em flagrante nesta manhã (8) pelo assassinato de Rosilene Rosa Pedro, 34, e Osvaldo Ferreira, 38. O casal foi encontrado morto ontem de manhã (7) com sinais de crueldade. 

A perícia criminal ainda confirmou a suspeita de que Rosilene tivesse sido vítima de abuso sexual. Ela estava nua, amarrada e próximo de cama. O crime aconteceu na Aldeia Bororó e foi anunciado pelo filho do casal, de apenas nove anos, aos professores da escola onde estuda. 

Gelso e Geovane teriam passado a noite com o casal ingerindo bebida alcoólica e estavam foragidos desde que o crime foi descoberto. Hoje pela manhã, lideranças indígenas da aldeia localizaram os suspeitos no anel viário, os detiveram e acionaram a Polícia Civil. 

Na delegacia a dupla foi autuada em flagrante pelo duplo homicídio. Contra Gelson já havia um mandado de prisão em aberto. Segundo apurado pelo Dourados News, ele acumula diversas passagens pela polícia. 

O caso segue em investigação. 

RELEMBRE

Rosilene e Osvaldo foram mortos a golpes de facão. Ela ainda foi abusada sexualmente e teve o rosto agredido com mordidas de cães. O filho do casal, de nove anos, foi quem anunciou que os pais estariam mortos dentro de casa. A Polícia Civil e a Perícia Criminal estiveram no local e apuram detalhes do assassinato.  



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE