Homem que matou o servidor público com tiro no peito se apresenta a polícia e vai responder em liberdade

A arma usada no assassinado, um revólver calibre 38, foi apreendida e enviada para perícia

| REDAçãO CANALDAQUI


Foto: Marcos Tomé/Região News

Anísio Medeiros Pereira (66) conhecido como "Nico bala" , que matou com dois tiros Márcio Mario Garcia de Souza (41), se apresentou na delegacia de Sidrolândia, na tarde desta terça-feira(29), acompanhado do advogado

O crime aconteceu no dia 26, na Rua Prefeito Jaime Ferreira Barbosa região próxima ao hospital municipal, Márcio Mário Garcia de Souza, foi morto com um tiro no peito em frente da casa do assassino confesso Anísio Pereira de Souza.

Da polícia Nico,disse que o crime aconteceu após uma briga em um bar, motivada por uma brincadeira feita por Márcio Mário. Segundo o autor os clientes do local interviram na confusão e ele foi para casa. Acompanhado de uma segunda pessoa ,Mário Márcio,  teria ido até a casa de Anísio Pereira e passou a Fazer ameaças.

O Delegado de Polícia Civil Doutor Diego Dantas Santos, detalhou dizendo que o autor se sentiu ameaçado. "Ele contou que a vítima apontou o dedo e falou que ia pegar, ele se sentindo ameaçado disparou  disparou conta Marcio, foram dois tiros que matou na hora o diretor da Secretaria de obras de Sidrolândia. Mesmo assim  Nico bala, disse que agiu em legítima defesa.

Segundo acusado depois do crime ele teria se refugiado numa fazenda, arma usada no crime é um revólver calibre 38 ,segundo o delegado novas testemunhas deverão ser ouvidas para confirmar a versão do investigado, e  esclarecer o motivo da briga que acabou em morte.

Conforme o delegado no domingo à noite a defesa de Nico bala entrou em contato afirmando que ele iria se apresentar, como passou das 48 horas ele não está mais em situação de flagrante, por isso vai responder em liberdade disso delegado.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE