Empresário é preso pela PRF com 200 quilos de maconha que seriam levados para SP

Disse que aceitou a encomenda de ‘Véio’ depois que pandemia diminuiu seus serviços de construção

| MIDIAMAX


(Ilustrativa)

Um empresário da construção civil de Campo Grande foi preso neste domingo (25), na BR-163, pela PRF (Polícia Rodoviária Federal), quando transportava em seu veículo Volkswagen Gol maconha para São Paulo.

O flagrante com a prisão aconteceu por volta das 13 horas de domingo (25), quando os policiais faziam rondas pela rodovia, sendo que no Km-450 flagraram o carro. O motorista ao ver a viatura policial fez uma manobra brusca, entrando em uma estrada vicinal, quando o veículo sofreu uma pane quebrando na estrada.

O empresário, que estava acompanhado de um homem que disse ser seu ajudante na empresa, afirmou que havia sido contratado por uma pessoa conhecida como ‘Véio’ para buscar a maconha em Ponta Porã e levar até Assis, em São Paulo. 

No carro, os policiais encontraram no forro dos bancos e na caixa de ar vários tabletes de maconha, que totalizaram 203 quilos. O empresário contou que foi contatado por ‘Véio’ por WhatsApp para fazer o serviço e que receberia o valor de R$ 15 mil.

Ele ainda disse que só aceitou fazer o transporte da droga porque teve uma queda nos serviços de construção civil e estava precisando de dinheiro. Os dois homens presos passam por audiência de custódia nesta segunda-feira (26). 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE