Com queda na taxa de contágio, MS registra ocupação de 67% de leitos UTI covid

Dado mostra melhora no cenário da pandemia; há cinco semanas, taxa era de 109%

| MIDIAMAX


Estado apresenta melhora na ocupação dos leitos de UTI covid. - Henrique Arakaki/Midiamax

Com o avanço da vacinação e queda na taxa de contágio, Mato Grosso do Sul tem apresentado uma melhora no cenário das internações por coronavírus. A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) exclusivos para pacientes com covid-19 é de 67,74% na manhã desta terça-feira (13), um dos menores índices dos últimos meses. 

Os dados são levantados no painel Mais Saúde, da SES (Secretaria de Estado de Saúde). Conforme levantamento, MS possui 592 leitos UTI adulto para pacientes com covid, sendo que há 401 pacientes em estado grave internados em hospitais no Estado. Sendo assim, restam 191 vagas no sistema de saúde. 

A informação mostra um alívio na ocupação dos hospitais depois do caos vivido na saúde pública no mês de junho, quando Mato Grosso do Sul chegou ao pico da pandemia. O recorde de internações foi registrado no dia 8 de junho, com 1.303 pessoas internadas com covid, sendo que 552 deles estavam em estado grave em UTIs. O painel 'Mais Saúde' mostrava uma taxa de ocupação de 109%. A menor taxa registrada nos últimos dias foi de 66% de leitos de UTI covid ocupados em Mato Grosso do Sul. 

A tendência é de que a situação melhore, agora que a vacinação avança e a taxa de contágio tem caído. Nesta semana, Mato Grosso do Sul comemorou a marca de 2 milhões de doses de vacina contra o coronavírus aplicadas. Além disso, o Vacinômetro aponta que 52,2% da população geral já recebeu pelo menos uma dose do imunizante. 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE