Brasil reduz em 50% exportações de arroz no 1º semestre

Segundo dirigente da Abiarroz, o frete marítimo reduziu as vendas, e isso indica retomada da economia após a crise provocada pela pandemia

| CANAL RURAL/POR CANAL RURAL


Os embarques brasileiros de arroz no primeiro semestre deste ano tiveram queda de 50%, impactados principalmente pelo alto custo do frete marítimo, que subiu cerca de 500% em alguns casos no mês passado.

Segundo Gustavo Trevisan, diretor de assuntos internacionais da Associação Brasileira de Arroz (Abiarroz), a alta nos valores do frete tem ligação com a retomada da economia após a crise provocada pela pandemia.

“Com a reabertura de alguns mercados, aconteceu que a demanda reprimida foi reestabelecida, trazendo impacto para os valores do frete. Esse valor mais caro para o envio não acontece apenas do arroz, mas em diversos outros produtos a nível mundial', destaca Trevisan.

O dirigente da Abiarroz ressaltou o bom momento das exportações do cereal no primeiro semestre do ano passado, e falou da necessidade de abertura de novos mercados.

“Temos um programa com foco no arroz parboilizado para abertura de novos mercados e consolidação deles. O que preocupa não é só a busca e sim a manutenção desses mercados, considerando que o momento atual da pandemia pode continuar com encarecimento dos fretes, provocando um retrocesso na aquisição do cereal', finaliza.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE