População de Costa Rica terá instruções sobre superendividamento

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


Endividamento e superendividamento de consumidores vem se tornando preocupação e dificultando cada vez mais a vida  de  elevado número de consumidores em todas as regiões do País e em Mato Grosso do Sul não é diferente. O encaminhamento de soluções para esse problema por meio de orientações às pessoas  que, de alguma forma, deixaram de ter o controle  de sua  situação financeira é constante na Superintendência para Orientação Defesa do Consumidor –Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de  Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast.

Nesse sentido foi  criado, na estrutura do Procon Estadual, o Núcleo de Atendimento ao Consumidor Endividado/Superendividado - Nupaces cujo numero de pessoas atendidas, aproximadamente 1 500, que tiveram suas demandas e caminhadas e solucionadas na sua maioria, é bastante significativo. Diante da experiência já adquirida, o órgão  estadual de  defesa do consumidor vem repassando a  similares  nos municípios a forma de orientar  as pessoas envolvidas nesse tipo de problema.

Exemplo é o Procon de Costa Rica, cujo coordenador Walder de Freitas esteve reunido com o superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão,  tratando de  assuntos relacionados ao órgão municipal entre os quais o discutido  foi a constatação de endividamento e superendividamento  entre consumidores do município problema para o qual  solicitou apoio no encaminhamento de solução.

Walder obteve do superintendente estadual a afirmação de que será dado todo o respaldo possível, o que poderá ocorrer, também, em relação a outros procons  no Estado, em auxílio aos consumidores que, via de regra, não têm encontrado saída, vendo suas demandas  agravadas levando-se em consideração que a pandemia  causada pela Covid, que entre outras coisas, tem reduzido ou retirado as possibilidades de  rendimentos dos trabalhadores.

O Procon Estadual deverá promover, além de  capacitação de pessoal para orientação dos consumidores, a liberação de cartilhas contendo o passo a passo para cada situação após a constatação de  endividamento ou superendividamento, de forma que o  consumidor possa  se programar para superar o problema e planejar  suas despesas evitando, assim, retornar ao rol dos que não conseguem  quitar  seus compromissos.


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE