Inverno será de neutralidade climática, mas La Niña pode voltar

| DOURADOS INFORMA / DA REDAçãO


Os efeitos do fenômeno La Niña poderão voltar a ser observados no Brasil nos últimos meses de 2021.

Nova atualização da NOAA (Administração Oceânica e Atmosférica) sobre as condições do Oceano Pacífico Equatorial, indica o término do fenômeno La Niña, que estava presente desde o ano passado, e a presença de neutralidade climática. O que isso significa? Que as águas do Oceano Pacífico Equatorial não sofrem desvios nem positivos nem negativos de temperatura.

No entanto, os efeitos do fenômeno La Niña poderão voltar a ser observados no Brasil nos últimos meses de 2021. Desiree Brandt, especialista da Somar Meteorologia explica que a neutralidade climática deve durar pelo menos até agosto.

“Mais para o fim do ano, começa a aumentar a probabilidade do La Niña. E isso pode trazer chuva irregular no final para o centro e Sul do Brasil. Não será tão grave quanto a falta de chuva do ano passado, mas não dá para descartar a irregularidade ou o atraso da chuva', afirma.

Conforme a especialista, o volume de chuvas será menor no inverno, mas em alguns meses, ela pode até ultrapassar a média histórica. Para junho a estimativa é de chuva acima da média para Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná. 

Última quinzena de maio

Nos próximos 10 dias a tendência é de predomínio de tempo firme e sem chuva significativa para grande parte do País. A exceção será o extremo Norte onde haverá manutenção das áreas de instabilidades. 

No próximo fim de semana uma frente fria deve avançar de forma rápida pelo Centro-Sul, mas não deve provocar grandes acumulados de chuva. Já na última semana do mês pode haver algum evento de chuva provocado por um sistema frontal. 

Para o período de 18 a 20 de maio o Inmet aponta que não há indicativo de chuva significativa para a Região Centro-Oeste. Acumulados em torno de 10 mm podem ocorrer apenas nos extremos sul do Mato Grosso Sul e no noroeste do Mato Grosso. 

Previsão do tempo sábado

O sábado (15) será de tempo firme e temperaturas em elevação para todas as áreas de Mato Grosso do Sul. O sol aparece e as condições ao longo do dia serão de céu claro a parcialmente nublado e sem expectativa de chuva. 

Além da umidade relativa do ar pode variar entre 90% a 30% no Estado, o sábado será marcado por uma grande amplitude térmica com os termômetros podendo registrar mínima de 15°C e máxima de 33°C. 

Em Campo Grande o sol aparece pela manhã entre poucas nuvens, mas durante a tarde pode ter períodos de nublado. As temperaturas variam entre 17°C a 30°C na capital neste sábado. 


Envie sugestões de notícias para o WhatsApp do Canaldaqui (67) 98186-1999

Curta nossa página no Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100010531782535

Clique aqui e receba notícias do Canaldaqui no seu WhatsApp!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE