Secretaria de Educação de Bodoquena realiza alterações no calendário escolar e volta as salas de aula

O ano letivo para os professores começa em 1º de março

| PM BODOQUENA


Em alinhamento com a Secretaria de Estado de Educação, a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer de Bodoquena realizou alteração no calendário escolar 2021. A previsão era para que as aulas na modalidade hibrida (com aulas presenciais e atividades remotas), tivessem início na próxima segunda-feira (1), porém o retorno as salas de aula foi prorrogado e só deve acontecer em abril.

O ano letivo para os professores começa em 1º de março, eles estarão nas unidades escolares municipais realizando treinamento e disponíveis para atender os pais.  Já as atividades começam a ser entregues no dia 8 de março.

Desde o início da pandemia, Secretaria tem buscado seguir as medidas adotas pelo Estado na contenção da covid-19 nas escolas, por isso a decisão de prorrogar a volta presencial para abril.  O plano de retorno em Bodoquena conta com protocolo de prevenção à covid-19 para os estudantes, como uso de álcool em gel, máscaras e equipamentos de proteção individual e número restrito de 10 a 13 alunos, conforme comportarem as salas.

Na modalidade hibrida, os alunos terão aulas presenciais durante uma semana e na semana seguinte, realizam atividades de forma remota, após a semana de atividades remotas, eles retornam para tirar dúvidas, e assim sucessivamente.

A Secretária de Educação, Valdisa Olanda reforça que o retorno para as aulas presenciais não será obrigatório. “Porém os pais e responsáveis que optarem por não mandar os filhos à escola terão responsabilidade com a realização e entrega de atividades para que esse aluno não tenha prejuízos. Tudo tem sido planejando para que os estudantes sejam atendidos da forma que considerarem mais segura, sem comprometer o aprendizado”

Para o caso dos estudantes que optarem pela modalidade remota, é necessário que sejam realizadas atividades atingindo 800 horas.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE