Mulheres da agricultura familiar participam de curso de Processamento da Banana

A turma é reduzida em virtude da situação de pandemia, contando com sete alunas e itens como máscara e álcool em gel 70% são de uso obrigatório durante as aulas.

| PM BODOQUENA


Secretaria de Assistência Social e Diretoria Técnica de Políticas Agrícolas de Bodoquena, em parceria com o Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) deram início hoje (25), a curso de “Processamento da Banana”, oferecido para que mulheres da agricultura familiar do município possam gerar de renda com o produto.

A turma é reduzida em virtude da situação de pandemia, contando com sete alunas e itens como máscara e álcool em gel 70% são de uso obrigatório durante as aulas. A capacitação tem como temas: práticas alimentares, manejo adequado, produção de biomassa e receitas feitas com a banana, incluindo bolos, salgados, doces e até acompanhamentos.

Em parceria já consolidada com Prefeitura de Bodoquena, o Senar oferece instrutores e material didático. Este curso de processamento será ministrado pelas nutricionistas Ana Carla da Silva e Meiryelle Deboleto e tem carga horária de 24h.

A estudante Izilda de Paula conta que está animada com a possibilidade de utilizar a banana de tantas formas. “É algo que muito acessível, tem bastante aqui na região. Muitas vezes a gente não utiliza da forma correta e deixa de aproveitar completamente, como curso eu e outras mulheres poderemos inclusive gerar renda”, acredita.

A Secretária de Assistência Social Marciline Aquino e o Germano Vieira Assistente Social da Equipe Volante do Cras (Centro de Referência em Assistência Social) estiveram no local para realizar abertura e desejar boas vindas as alunas.

 

Assessoria



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE