Carlão, Mattogrosso e João Rocha são cotados para presidência da Câmara de Campo Grande em 2021

Conforme apurado, tucanos enfrentam impasse dentro do partido para a escolha do nome

| ITAPORã AGORA/MIDIMAX


Três nomes são cotados para assumir presidência da Câmara Municipal em 2021, em Campo Grande. Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, Carlão (PSB), João César Mattogrosso (PSDB) e João Rocha (PSDB), o atual presidente, que pode tentar uma reeleição, são os nomes que mais despontam na disputa.

Nesta quarta-feira (25), Carlão anunciou sua candidatura à presidência da Câmara. Atualmente Carlão é o 1° secretário da Mesa Diretora da Casa de Leis e já exerceu as funções de 2° e 1° vice-presidente e 2° secretário, além de presidir Comissões Permanentes. “Sou candidato a presidência da Câmara Municipal de Campo Grande e já estou reunindo várias lideranças representantes dos partidos que compõem a Casa. Pedindo apoio de todas as correntes políticas dos partidos”, afirmou o parlamentar.

Já o PSDB enfrente impasse, podendo ter dois nomes tucanos na disputa: João César Mattogrosso e João Rocha. Conforme apurado pelo Jornal Midiamax, haveria acordo dentro do partido desde o início das eleições. O atual presidente seria escolhido pelo PSDB, o que de fato foi, para compor, como vice, na chapa do prefeito reeleito Marquinhos Trad (PSD). Com isso, Mattogrosso seria a indicação para a presidência da Câmara.

No caso da chapa, o atual prefeito manteve a vice-prefeita na disputa pelo segundo mandato, ao invés de indicação do tucano.

Rocha disse à reportagem que a escolha precisa ser debatida no partido, passando, inclusive, pela Executiva Estadual  e pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), maior liderança tucana em MS. O vereador admitiu que os três parlamentares eleitos – ele, Mattogrosso e Profº Juari – podem resolver entre si, mas que “o nome do candidato tem que ser construído”.

Já o vereador Otávio Trad (PSD), integrante da maior bancada na próxima gestão, disse que o PSD tem interesse em fazer parte da mesa diretora, mas não mostrou apoio aos nomes cogitados. A eleição da mesa diretora acontece no dia 1º de janeiro de 2021, no mesmo dia da posse da nova legislatura.

Midimax



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE