PMA de Corumbá autua cinco pescadores em R$ 34 mil por pesca predatória

Foi aprendido 314 kg de peixe, rede e outros itens de pesca

| MIDIAMAX


(Foto: Divulgação / PMA)

Na madrugada desta quinta-feira (29), a PMA (Polícia Militar Ambiental) de Corumbá autuou cinco pescadores no valor de R$ 6.980,00 para cara infrator, após apreender 314 kg de peixe capturados com uma rede de pesca, que é proibida. A ação ocorreu a 55km do município, no rio Paraguai, em uma região conhecida com Ilha Estrela.

Ao todo, com os pescadores foi aprendido: uma embarcação de grande porte, dois barcos de alumínio, um motor de popa, uma rede de pesca medindo 130 metros e 314 kg de pescado das espécies pacu, cachara, pintado e barbado.

Os pescadores, de 24, 24, 25, 35 e 43 anos, moradores de Corumbá, receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Federal, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca predatória.

“Além de preto é enrolado': motoentregador sofre racismo após demora no pedido

Após chuva, 752 moradores ainda estão sem energia em Campo Grande

Se condenados, eles podem pegar pena de um a três anos de detenção. Os pescadores também foram autuados administrativamente e receberam multa de R$ 6.980,00 cada um, somando um total de R$ 34.900,00.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE