Dos três candidatos a prefeitura de Sidrolândia Enelvo Felini é o mais rico Daltro Fiuza o mais pobre

Vale ressaltar que Daltro Fiuza declarou em 2014 bens avaliados 1,7 milhão

| CANALDAQUI


Reprodução

Os três candidatos à prefeitura de Sidrolândia nas eleições de 2020 já realizaram suas declaração de bens a justiça eleitoral. Os números estão no site DivulgaCand no Tribunal Superior Eleitoral TSE.
Na página atualizada, neste sábado(26), aparece as informações dos candidatos Enelvo Felini (PSDB) Daltro Fiuza (MDB) Moacyr do Vacaria (Patriotas).
O ex-prefeito Enelvo Felini revelou ter R$ 8,1 milhões de patrimônio, não houve aumento em relação as informações em 2018 quando foi candidato a deputado federal.
O ex-prefeito Daltro Fiuza revelou ter R$ 779 mil de patrimônio uma redução em relação R$ 1,7 milhão informados em 2014 quando foi candidato a deputado estadual.
Moacyr do Vacaria revelou ter R$ 3,9 milhões de patrimônio.
O DivulgaCandContas 2020 dispõe de informações sobre 16.004 pedidos de registro de candidatura sendo 14.245 de candidatos a vereador 879 de prefeitos e 880 de vice-prefeitos ponto final os números são constantemente atualizados pela justiça eleitoral por estado e nacionalmente.
Conforme as informações, o candidato mais rico é o ex-prefeito Enelvo Felini que declarou patrimônio de R$ 8,1 milhões, seguido de Moacyr do Vacaria com 3,9 milhões. O mais pobre entre os candidatos a prefeito é Dalto Fiuza que declarou patrimônio de R$ 779 mil.
Com relação aos candidatos a vice-prefeito quem desponta financeiramente é o ex-secretário de saúde Nélio Saraiva Paim Filho (NELINHO) com R$ 2,2 milhões, seguido por Kennedy Mitrioni Forgiarini com R$ 463 mil por último Dr. Sérgio Ocampos que declarou R$ 333 mil.

 

 

 

Aparecido Francisco

 

 

 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE