Ajuda para cadastro do auxílio emergencial vira prejuízo de R$ 15 mil em empréstimos

Homem de 54 anos denunciou suspeito à Polícia Civil

| MIDIAMAX


Ilustrativa

Rapaz que não teve a identidade divulgada pela Polícia Civil de Chapadão do Sul, a 330 quilômetros de Campo Grande, é suspeito de contratar empréstimos no total aproximado de R$ 15 mil no nome de outro homem, de 54 anos, que teria pedido ajuda para fazer o cadastro do auxílio emergencial. O caso foi denunciado nesta quarta-feira (15) e vem sendo investigado como estelionato.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima disse que dias atrás pediu ao rapaz ajuda para acessar a internet e inserir os dados no cadastro. Na terça-feira (14), foi a uma agência bancária e, ao consultar extrato, constatou que em seu nome foram feitos três empréstimos, de R$ 13,3 mil, R$ 650 e R$ 1 mil, sem a sua autorização.

Ao observar com detalhes, descobriu que R$ 4,9 mil haviam sido transferidos de sua conta para uma conta bancária que pertence ao rapaz que havia lhe ajudado a fazer o cadastro. Por este motivo, passou a acredita que tal indivíduo tenha se aproveitado para roubar seus dados e fazer as transações. Ninguém foi preso.

Por causa de tênis, homem invade casa e esfaqueia adolescente de 17 anos

Aline Riscado se pronuncia sobre foto com chefe do tráfico do Rio



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE