Douradense leva vírus a cidade do Estado que não tinha casos de covid-19

Terenos e Bodoquena agora integram a lista de municípios com casos confirmados do vírus e nesta última, a visita de um morador de Dourados foi que gerou o contágio.

| DOURADOS NEWS


1.692 estão em isolamento domiciliar, 88 estão internados e 1969 estão recuperados. Foram registrados 36 óbitos pela doença. - Prefeitura Municipal de Bodoquena

O coronavírus chegou a mais duas cidades de Mato Grosso do Sul e em uma destas, um douradense foi o responsável por levar a doença.  Terenos e Bodoquena agora integram a lista de municípios com casos confirmados do vírus e nesta última, a visita de um morador de Dourados foi que gerou o contágio.

A informação foi dada pelo prefeito do município Kazu Horii em página oficial da prefeitura local, nesta terça-feira (16). 

“Um visitante de Dourados veio visitar parente aqui em Bodoquena, ele estava contaminado e acabou contaminando essa pessoa”, disse Horri na live.

A pessoa contaminada em Bodoquena é um homem de 53 anos que está com sintomas leves do covid-19, está sendo medicado e se recupera em casa. Conforme a Prefeitura, o positivo do caso foi confirmado nesta segunda-feira (15), via laboratório Lacen (Laboratório Central). 

Foi citado que está sendo feito o rastreio das pessoas com quem o bodoquenense infectado teve contato para identificar outros possíveis casos. 

Diante da situação, o prefeito do município fez um apelo à população para evitar aglomerações, ainda que entre familiares. 

“Nessa época podemos evitar o convívio familiar. É importante claro, mas, podemos deixar pra depois”, disse. 

Ele ainda se mostrou indignado com a falta de sensibilidade das pessoas quanto a situação atual frente a uma pandemia.  “Parece que estavam pedindo para isso acontecer em Bodoquena. Todo mundo levando vida normal, achando que não ia acontecer aqui, mas o primeiro caso aconteceu”, disse. 

Durante a live, Horii citou que o município não conta com médico intensivista, o que pode impactar negativamente caso haja algum paciente com coronavírus que chegue a estágios difíceis da doença. Outro ponto é que a cidade possui apenas um respirador, comprado recentemente. 

Diante do caso confirmado, o toque de recolher no município passou das 22h às 5 para 20h às 05h e a fiscalização de aglomerações e uso de máscara, também será reforçada, conforme informado nesta manhã. 

O prefeito fez ainda um alerta aos moradores do município, no que se refere a contato com o douradense infectado.  “As pessoas que tiveram contato com essa pessoa de Dourados aqui na cidade fiquem atenta. Veja se está sentindo febre, tosse, vá pro hospital, vamos fazer o teste. Procure, pois pode estar transmitindo outra pessoa”, apontou. 

Terenos 

Quanto ao caso de Terenos, dados divulgados na página oficial da prefeitura do município, apontam que trata-se de uma pessoa do sexo masculino, o qual não teve idade divulgada e não apresenta sintomas da doença. 

O diretor clínico de Unidade Básica de Saúde, Arlindo Landelfi Filho, disse em vídeo na página que a pessoa que contraiu a doença reside em Terenos e no momento está em Campo Grande. 

Foi confirmado que a mesma está infectada pelo vírus por meio de teste via drive thru na capital.

Nota oficial da prefeitura aponta que o homem e três familiares  serão mantidos em isolamento e sob o acompanhamento do setor de Vigilância Epidemiológica e “caso haja alguma alteração de sinais vitais os mesmos serão referenciados para o serviço de referência”.

Mato Grosso do Sul 

Com as duas cidades que agora figuram a lista dos municípios com casos confirmados de coronavírus, são 59 municípios em Mato Grosso do Sul que possuem pessoas infectadas pelo coronavírus. 

São 3.785 casos confirmados em todo Estado. Destes 1.692 estão em isolamento domiciliar, 88 estão internados e 1969 estão recuperados. Foram registrados 36 óbitos pela doença. 



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE