Terça, 23 de janeiro de 201823/1/2018
(67) 98186-1999
Parcialmente nublado
22º
24º
31º
Sidrolandia - MS
Erro ao processar!
EDUCAÇÃO
Senai inicia mutirão de formaturas e certifica 465 alunos em seis municípios
A formatura coletiva começou pelas unidades das cidades de Campo Grande,Três Lagoas, Maracaju, Dourados, Sonora e Sidrolândi
Aparecido Francisco Mato Grosso do Sul - MS
Postada em 13/12/2017 ás 11h33
Senai inicia mutirão de formaturas e certifica 465 alunos em seis municípios

Senai inicia mutirão de formaturas e certifica 465 alunos em seis municípios

O Senai iniciou, na noite desta terça-feira (12/12), o mutirão de formaturas dos cursos profissionalizantes e certificou 465 alunos dos cursos técnicos, de qualificação profissional básica, aprendizagem industrial e diplomas de habilitação técnica. A formatura coletiva começou pelas unidades das cidades de Campo Grande, na Escola Senai da Construção, Três Lagoas, Maracaju, Dourados, Sonora e Sidrolândia.


 


A etapa de certificação prossegue na noite desta quarta-feira (13/12), quando as cerimônias serão realizadas nos municípios de Campo Grande, na Faculdade de Tecnologia do Senai (FatecSenai), Naviraí e Rio Verde. Para o diretor-técnico do Senai, Gilberto Schaedler, ao promover a cerimônia, a instituição visa valorizar os profissionais, contribuindo para sua inserção no mercado de trabalho e, consequentemente, para o desenvolvimento e competitividade da indústria de Mato Grosso do Sul.


 


“O Senai vem se consolidando cada vez mais no mercado de trabalho e, com o intuito de buscar a valorização dos profissionais, realizamos o evento de encerramento das turmas. A formatura vem justamente para dar ênfase nas competências desse trabalhador, aprimorando a relação dele com o ambiente no qual ele está inserido e, desta forma, contribuindo com o desenvolvimento das empresas e da comunidade local”, pontuou Gilberto Schaedler.


 


Amigos e familiares se reuniram para celebrar a cerimônia que marca uma nova etapa na vida profissional dos formandos na Escola Senai da Construção. No local, a noite foi marcada pela formatura da primeira turma regular da unidade, que foi inaugurada em agosto deste ano. Concluintes do curso de pintor de obras imobiliárias reuniram-se no moderno auditório do espaço e receberam os diplomas das mãos da coordenadora técnica Mariane Fernandes, do coordenador pedagógico Alexandre de Oliveira e da secretária escolar Leila Lopes.


 


“Qualifiquem-se. O tempo passa, e se não fizermos algo por nós mesmos, saindo da nossa zona de conforto, ninguém o fará. Muitos dos que estão aqui hoje já passaram por grandes transformações depois de concluírem o curso do Senai, então meu conselho é este: estudem e façam algo por vocês mesmos”, declarou Mariane Fernandes durante a cerimônia.


 


Uma das formandas, a dona de casa Marlene Tochetto comemorou o fato de, depois de fazer o curso de pintor de obras, poder pintar a própria casa sozinha. “Serviu de vitrine. Meus vizinhos agora já conhecem meu serviço e começaram a me contratar. Na propaganda boca a boca, espero conseguir bastante trabalho. Só tenho a agradecer a Escola da Construção, foi realmente uma bênção na minha vida poder aprender uma profissão nova na minha idade”, disse.


 


Acompanhado da família, Renato Alfonso Garcia contou que este era o sétimo curso que havia feito no Senai, e a intenção era continuar procurando outras oportunidades de se qualificar na sua área de interesse. “Sempre procuro me atualizar, ou você fica ultrapassado no mercado de trabalho”, afirmou.


 


No interior


 


Em Dourados, o clima também era de celebração entre formando, que destacaram o crescimento profissional conquistado após os cursos. “Achei muito importante porque já trabalho na área e meu objetivo era profissionalizar as técnicas do meu trabalho e crescer dentro da empresa. Fiquei muito satisfeito”, declarou Hederth Sampaio, que se formou no curso técnico em eletrotécnica.


 


Rubenita Souza Barreto da Silva, que recebeu o certificado do curso técnico em vestuário, acrescentou que indica o Senai para outras pessoas. "Achei maravilhoso, foram dois anos de muito aproveitamento. Indico esse curso para quem precisar, porque agregou muitos conhecimentos novos à minha formação”, avaliou.


 


Na unidade do Senai de Sonora, Anna Karollinny Silva, que se formou no curso de desenhista técnico de edificações, ficou sabendo da oportunidade de se qualificar por meio de dois colegas de trabalho e, agora, esperar poder indicar para outras pessoas. "Fiquei sabendo o curso por dois amigos do serviço, e me disseram que seria muito bom. Gostei bastante do aprendizado, da atenção e atendimento que oferecem ao aluno", disse.


 


Tatiane Ferreira Oliveira, que agora pode acrescentar ao currículo o certificado de assistente de recursos humanos, conseguiu um trabalho após iniciar o curso. "Agora quero progredir ainda mais. Não sabia que poderia me identificar tanto com esta carreira, e depois que comecei o curso quero progredir na área de Recursos Humanos. Só tenho a agradecer pelo acolhimento do Senai, que prontamente conseguiu readequar todos os horários do meu curso depois que consegui o emprego, a dedicação dos professores e o atendimento. Estou muito feliz", comemorou.


 


Já no Senai de Maracaju, onde foram entregues certificados do curso técnico em segurança do trabalho, Cristina Benites Rios, elogiou a estrutura do Senai. "Me sinto muito honrada em conseguir me formar em um curso técnico. O Senai tem uma estrutura de primeira, e saio com o sentimento de dever cumprido. Muitos desistiram no meio do caminho, mas o Senai sempre me apoiou. O mercado de trabalho hoje exige qualificação e, com o Senai, agora estamos prontos”, disse.


 


Emerson Almirão Duarte, também formando, comentou os desafios e vitórias após dois anos de curso. "Quando surgiram as vagas para quatro cursos no Senai confesso que inicialmente fiquei na dúvida. Quando me inscrevi para o de segurança do trabalho foram 24 meses maravilhosos, vi o quanto valeu a pena lutar. Venci com muito esforço, graças a Deus”.


 


Na unidade de Três Lagoas, os formandos agora falam com otimismo sobre o futuro profissional. Formada técnica em química, Lara Caroline Tonhoque Nóia está de olhos no crescimento econômico do município. "Procuro uma vaga na área, um estágio. A expectativa é bem grande com o crescimento da cidade, a inauguração da nova unidade da Fibria. Tem concorrência, sim, mas estou bem confiante porque temos uma base muito sólida com o curso do Senai”, opinou.


 


Formado no curso técnico em automação industrial, Rodrigo Rodrigues Fonseca, espera, com a certificação, concretizar os objetivos profissionais. “Espero agora consolidar meu plano de carreira, que é trabalhar na área de tecnologia, de programação, e cada dia vencer um desafio diferente”, concluiu.


FONTE: FIEMS
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

imprimir
158
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium