Sexta, 25 de maio de 2018
(67) 98186-1999
Brasil

12/12/2017 ás 17h34 - atualizada em 12/12/2017 ás 17h45

67

Aparecido Francisco

Mato Grosso do Sul / MS

Na CNI, presidente do Conselho de Relações Trabalhistas da Fiems aborda MP que altera legislação
Houve, ainda, o entendimento de que o Judiciário tem lidado com a nova lei trabalhista de forma positiva, acrescenta o presidente regional do CRT
Na CNI, presidente do Conselho de Relações Trabalhistas da Fiems aborda MP que altera legislação
Na CNI, presidente do Conselho de Relações Trabalhistas da Fiems aborda MP que altera legislação

Com a nova legislação trabalhista em vigor desde o dia 11 de novembro, o CRT (Conselho de Relações do Trabalho) da CNI (Confederação Nacional da Indústria) realizou, nesta terça-feira (12/12), em Brasília (DF), a última reunião ordinária de 2017. Conduzida pelo presidente do conselho, Alexandre Furlan, e com a participação de conselheiros das federações de todo o País, e encontro serviu para traçar um panorama das reformas estruturantes aprovadas neste ano, inclusive a trabalhista, além das mudanças previstas para 2018.


Presente na reunião, o presidente do CRT da Fiems, Altair da Graça Cruz, afirma que a reunião teve como foco a Medida Provisória 808, que passou a valer no dia 14 de novembro e trouxe alguns ajustes ao texto original da reforma aprovado no Congresso Nacional em julho, como no trabalho intermitente, a representação dos empregados, autônomos, entre outros.


“Acompanhamos um balanço das ações desenvolvidas pela CNI sobre as reformas, principalmente da Trabalhista, que ainda gera muitas dúvidas e abre interpretações da lei. Analisamos também a MP 808, que traz mudanças na legislação em vigor, além dos reflexos da modernização trabalhista para o futuro”, afirmou.


Houve, ainda, o entendimento de que o Judiciário tem lidado com a nova lei trabalhista de forma positiva, acrescenta o presidente regional do CRT. “Também foram abordados temas relativos à Saúde e Segurança do Trabalho e como as empresas terão que se adequar nesta questão e elaboramos, ainda, o calendário de reuniões do CRT em 2018”, finalizou Altair da Graça Cruz.


 


 


FONTE: FIEMS

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Economia & Negócios

Economia & Negócios

Blog/coluna Tudo sobre economia e negócios.
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium