Quarta, 21 de fevereiro de 201821/2/2018
(67) 98186-1999
Muito nublado
21º
26º
28º
Sidrolandia - MS
Erro ao processar!
CÂMARA MUNICIPAL DE ITAPORÃ
CIDADES
Dourados comemora Dia da Padroeira com vasta programação nesta sexta
Às 5h, todas as igrejas tocarão os sinos e, às 6h30, haverá café comunitário em frente à Catedral
Aparecido Francisco Mato Grosso do Sul - MS
Postada em 07/12/2017 ás 16h46
Dourados comemora Dia da Padroeira com vasta programação nesta sexta

Dourados comemora Dia da Padroeira com vasta programação nesta sexta

 


A comunidade católica em Dourados comemora o Dia da Padroeira, Imaculada Conceição. A programação é vasta e envolve todas as paróquias e capelas da cidade - responsáveis em conduzir as celebrações que ocorrerão todas as noites na Catedral. A Grande Festa, dia de Imaculada, é celebrado neste dia 8 de dezembro.


Sob tema "Imaculada Conceição: 50 anos de bênçãos do Céu" está sendo realizado novenário. Todas as novenas contarão com exposição de 50 quadros de Maria, de diferentes Estados e países.


De acordo com o padre Crispim Guimarães, pároco da Catedral, neste 8 de dezembro, Dia de Imaculada Conceição, será comemorado em grande estilo. Às 5h, todas as igrejas tocarão os sinos e, às 6h30, haverá café comunitário (partilhado) na praça Antônio João, em frente à Catedral. Ainda no período da manhã haverá programação Mariana, com oração do Rosário por grupos da Pastoral da Liturgia, Apostolado, Legião de Maria e Meces.


A programação se estende no período da manhã e da tarde com o envolvimento de todas as comunidades. Às 17h30 terá missa campal, com procissão e coroação de Nossa Senhora e bênção. Às 19h30 haverá Bolo da Padroeira. São estimados produção de 130 a 140 quilos, que serão vendidos em fatias.


Histórico da Paróquia


Neste ano de 2017 a Igreja celebra o Ano Mariano recordando os 300 anos de Aparecida, os 100 anos de Nossa Senhora de Fátima, quando a Virgem apareceu aos pastorinhos. Já em Dourados, 92 anos da chegada da Imagem da Imaculada Conceição, vinda da França, e 50 anos de feriado municipal promulgado pelo então prefeito João da Câmara (Totó) em 8 de dezembro de 1967, mas foi o Prefeito Napoleão que decretou em 1966 o feriado Municipal de 8 de dezembro, como festa da Imaculada Conceição, Padroeira de Dourados.


O padre Crispim Guimarães fez um levantamento de informações sobre a história da Paróquia Imaculada Conceição em Dourados. A pesquisa consta que, o primeiro Terço rezado no povoado, hoje Dourados, foi rezado na casa de João Zeferino, em 8 de dezembro de 1912. O município só foi emancipado em 1935.


No ano de 1909, surgiu a ideia de fundar o Patrimônio das Três Padroeiras, nome inspirado na existência de três cruzeiros: o de Santa Rita de Cássia (Rua Coronel Ponciano - hoje Paróquia Nossa Senhora de Fátima); o de Santa Catarina de Sena (Rua Cuiabá) e o da Imaculada Conceição (Avenida Marcelino Pires – atual Paróquia São José.


No ano seguinte, Marcelino Pires, um dos primeiros moradores do município, conseguiu, não obstante a oposição da Companhia Mate Laranjeira, registrar as duas terras, doando quase quatro mil hectares para a formação do Patrimônio, em que Januário Pereira de Araújo construiu, em 1911, a primeira casa.


O povoado que surgiu já foi denominado: São João Batista de Dourados, Vila das Três Marias e Alvorada. Em 1913, passou a Distrito de Paz com o nome de Dourados, figurando na divisão territorial como pertencente a Ponta Porã. Em 20 de dezembro de 1935, foi desmembrado de Ponta Porã, tornando-se Dourados um município autônomo.


A construção da primeira capela foi iniciada em junho de 1925. A comissão da construção era constituída por São Januário Pereira de Araújo, presidente; João Rosa Góes, tesoureiro; D. Sofia de Castro Batista, secretária; D. Genoveva Capilé, conselheira auxiliar e D. Antônia Capilé, 2° secretária. A imagem de Nossa Senhora Imaculada Conceição (trazida da França), foi doada pelo Major Afonso de Oliveira Mello. No entanto, antes de ser levada para a Capela, a imagem ficou por alguns meses, na casa do Major Manoel Pompeu Capilé, até que fosse inaugurada a Capela.


No dia 8 de dezembro de 1925, a Capela foi inaugurada com uma procissão em que se levou a artística imagem de Nossa Senhora da Imaculada Conceição. Em 6 de junho de 1926, por ocasião da visita Pastoral, o Padre Salesiano, João Giardelli, (visitador Diocesano), abençoou a nova Capela e lançou oficialmente também a pedra fundamental.


Fundação da Paróquia


Em 03 de outubro de 1935, o bispo de Corumbá, Dom Vicente B. Maria Priante, fundou a Paróquia da Imaculada Conceição de Dourados, desmembrando-a da Paróquia São José de Ponta Porã. No entanto, permaneceu anexada a de Ponta Porã, porque o Bispo não tinha padre para colocar na nova Paróquia. Mas foi somente no dia 10 de junho de 1936, que o povo de Dourados ficou sabendo da criação da Paróquia. Então, o Padre Amado Decleene, missionário apostólico e vigário de Ponta Porã, publicou o decreto do Bispo.


Os padres de Ponta Porã, Amado Decleene e João Sobel, continuaram a visitar, algumas vezes por ano, a paróquia de Dourados, até que ela foi confiada aos Franciscanos em 1938. O primeiro vigário desta Paróquia foi Frei Antonino Schwenger, que tomou posse em 6 de fevereiro de 1938, tendo como coadjutor o Frei Francisco Brugger. Os dois padres, durante dois anos, visitaram regularmente a Paróquia de Dourados, tendo eles residência em Rio Brilhante, ficando sempre satisfeito com o espírito religioso do povo.


O primeiro vigário residente em Dourados, Frei Higino Latteck, tomou moradia provisória na sacristia da pequena Igreja, mas já em 1941 pôs-se a construir ao lado da igreja uma pequena casa paroquial, de madeira, a qual acrescentou um espaçoso salão. Na época, a paróquia de Dourados, abrangia todo o território do então Município de Dourados, calculando-se a sua superfície em cerca de 20.000 km², com 15.000 habitantes, aumentando e formaram-se novas povoações que se desenvolveram rapidamente. A Paróquia Nossa Senhora da Conceição é a quarta paróquia criada no atual território da Diocese de Dourados.


Foram surgindo novas comunidades que se tornaram Paróquias, desmembrando-se da antiga Paróquia Imaculada Conceição. Foram as seguintes: São Pedro Apóstolo (03-11-54); São José de Itaporã (21-04-56); Bom Jesus de Caarapó (01-01-64). E, na própria Dourados, surgiram as Paróquias Nossa Senhora de Fátima da Cabeceira Alegre (04-03-73); São José Operário (01-05-74); Bom Jesus (13-04-80); São João Batista (13-04-81), Santa Terezinha (30-12-95), São Carlos (07/11/2004) e ultimamente Santo André (30/11/2013).


Algumas dessas paróquias, por sua vez, deram origem a outras paróquias, basta citar as paróquias de Nossa Senhora de Glória de Dourados (22-05-55); Nossa Senhora da Fátima do Sul, de Fátima do Sul (01-01-63); Rainha dos Apóstolos de Vicentina (31/08/1963); São Paulo Apóstolo de Ivinhema (07-03-70); Nossa Senhora de Fátima de Naviraí (26-03-72); Nossa Senhora Aparecida de Douradina (12-10-72); São Pedro Apóstolo – Angélica (25/03/1979); N. Sra. Aparecida de Deodápolis (30/04/1985); Rainha dos Apóstolos (06/11/2004), Nossa Sra. Auxiliadora de Indápolis (12/02/2005); Paróquia São Pedro de Jatei (01/01/2006); N. Sra. Aparecida de Dourados (20/02/2008); Paróquia Santa Luzia de Juti (17/08/2008); Sagrado Coração de Jesus (24/04/2011); N. Sra. do Carmo; Santo Elias (22/11/2014); São Francisco (01/12/2013); Paroquia Nossa Senhora das Graças de Naviraí (12/03/2014); Paróquia São Francisco, Caarapó (16/10/2105). São 29 paróquias oriundas da Imaculada.


Assim, no território da antiga Paróquia da Imaculada Conceição de Dourados, floresceram inúmeras paróquias. Em janeiro de 1996, os padres franciscanos devolveram a Paróquia aos cuidados do Bispo Diocesano. Já em 06 de janeiro de 1996, assumiu provisoriamente a Paróquia Imaculada Conceição de Dourados, o Padre Diocesano, José Marcos Carpes Vargas, que foi empossado como pároco dia 04/02/96.


FONTE: Dourados Agora
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

Publicidade

Facebook

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Enquete
Se as eleições presidenciais do Brasil fossem hoje, em quem você votaria?

Lula
31 votos - 40.8%

Bolsonaro
24 votos - 31.6%

Aécio Neves
8 votos - 10.5%

Dória
5 votos - 6.6%

Marina Silva
4 votos - 5.3%

Michel Temer
4 votos - 5.3%

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium