Segunda, 11 de dezembro de 201711/12/2017
(67) 98186-1999
Muito nublado
20º
21º
32º
Sidrolandia - MS
Erro ao processar!
CIDADES
Rio Miranda sobe mais 24 cm e pelo menos 20 pessoas já estão desalojadas
A previsão continua de chuva nos próximos dias e pode agravar a situação da cheia na região
Aparecido Francisco Mato Grosso do Sul - MS
Postada em 07/12/2017 ás 16h35
Rio Miranda sobe mais 24 cm e pelo menos 20 pessoas já estão desalojadas

Rio Miranda sobe mais 24 cm e pelo menos 20 pessoas já estão desalojadas


O nível do leito do rio Miranda continua subindo, está com 7,32 metros acima do menor limite e pelo menos 20 pessoas já tiveram que deixar suas casas, segundo informou a Coordenadoria de Defesa Civil do município. As famílias estão sendo abrigadas no estádio e em uma escola. Nas últimas 24 horas o volume do rio subiu 24 centímetros, conforme atesta a régua da Sala de Situação do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul).


As fortes e frequentes chuvas de outubro e novembro – e que continuam em dezembro – alteraram o volume de vários rios, sendo que o Miranda é o mais afetado. A previsão continua de chuva nos próximos dias e pode agravar a situação da cheia na região.


Sala de Situação do Imasul monitora os leitos dos principais rios do Estado em 12 pontos e informa a Defesa Civil sempre que o nível supera o limite considerado de alerta ou emergência. Além da Sala de Situação, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) dispõe de outro importante instrumento para orientar o poder público e a população em geral sobre mudanças bruscas no clima e tempo: o Centro de Monitoramento de Tempo, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul (Cemtec).


O Cemtec mensura a quantidade de chuva em 27 pontos no Estado e constata que na maior parte deles foram registradas precipitações bem acima do normal tanto em outubro quanto em novembro, o que pode indicar um fim de ano preocupante sobretudo para as cidades localizadas nas margens de rios.





FONTE: Noticias MS
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium