Quinta, 25 de abril de 2019
(67) 98186-1999 - [email protected]
Polícia

06/04/2019 ás 07h38

34

Aparecido Francisco

Mato Grosso do Sul / MS

Em Costa Rica, mulher é presa por deixar filhos sozinhos e espancá-los ao chegar bêbada de madrugada
A Polícia Civil informou que foi acionada na manhã desta sexta para atender a ocorrência.
Em Costa Rica, mulher é presa por deixar filhos sozinhos e espancá-los ao chegar bêbada de madrugada
Em Costa Rica, mulher é presa por deixar filhos sozinhos e espancá-los ao chegar bêbada de madrugada

Uma mulher de 28 anos foi presa por espancar os filhos de 12 e 7 anos durante a madrugada desta sexta-feira (05) em um bairro de Costa Rica, cidade a 346 quilômetros de Campo Grande. A Polícia Civil informou que foi acionada na manhã desta sexta para atender a ocorrência.


O ECA (Estatuto da Criança e Adolescente) proíbe a identificação da mãe, pelo fato de, se identificá-la, automaticamente as crianças são expostas.


Os investigadores apuraram que a mulher teria saído de casa na noite desta quinta-feira (04) e deixado a adolescente cuidando de três crianças, sendo uma de sete, outra de pouco mais de um ano e outra com menos de um ano.


Os policiais apuraram que a mulher chegou de madrugada, completamente embriagada e agrediu a filha de 12 anos com esganadura e puxões de cabelo. Muito agressiva, a mulher ainda arremessou a criança de sete anos contra a parede. As duas vítimas sofreram lesões em razão das agressões físicas.


Em dado momento das agressões, a adolescente conseguiu fugir da mãe que estava em estado de surto e fúria, buscou abrigo em uma construção abandonada, onde passou a noite em claro com receio de ser localizada pela agressora.


Imediatamente após conhecimento dos fatos e sua gravidade, investigadores do Sig (Setor de Investigações Gerais) da cidade saíram em diligências e localizaram a autora que vai responder por lesão corporal grave majorada e abandono de incapaz, podendo pegar mais de oito anos de prisão, caso seja condenada.


Além disso, ela teve a prisão preventiva representada e aguardará presa, manifestação do Poder Judiciário. Poderá ainda perder a guarda das crianças uma vez que foi solicitada a intervenção do Ministério Público da Criança e do Adolescente e Defensoria Pública para interceder a favor das crianças em situação de vulnerabilidade.

FONTE: midiamax

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium