Quarta, 19 de junho de 2019
(67) 98186-1999 - [email protected]
Mato Grosso do Sul

27/01/2019 ás 08h27

214

Aparecido Francisco

Mato Grosso do Sul / MS

Reinaldo pede ajuda a Tereza para regularizar situação de 50 mil assentados em MS
Governador que apoio e celeridade nos processos de regularização fundiária no Estado Publicado em: 27/01/2019 | MIDIAMAX
Reinaldo pede ajuda a Tereza para regularizar situação de 50 mil assentados em MS
Tereza Cristina recebeu Azambuja em Brasília. (Foto: Divulgação/Ministério da Agricultura)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) está em Brasília, nesta sexta-feira (25), onde se reuniu com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina (DEM-MS). No encontro, o tucano pediu apoio e celeridade nos processos de regularização fundiária em Mato Grosso do Sul, que podem beneficiar cerca de 50 mil assentados no Estado.


Por decisão do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento assumiu a responsabilidade de identificar, delimitar e fazer as demarcações de terras indígenas a partir deste ano. Até então, o processo ficava a cargo da Funai (Fundação Nacional do Índio).


Reinaldo avalia que uma ação conjunta dos governos estadual e federal será primordial para o desenvolvimento da agricultura familiar. “Precisamos urgentemente dessa regularização. Temos inúmeros assentamentos, antiquíssimos, de mais de 20 anos, que não têm títulos definitivos. Isso gera problemas ao pequeno produtor. Queremos que eles sejam donos de direito dos lotes, com documento', afirmou.


Além deste pedido, outras pautas da agropecuária foram debatidas com a ministra sul-mato-grossense. Como ajudar a tornar Mato Grosso do Sul área livre de febre aftosa sem vacinação, com medidas como aumento do número de veterinários nos postos de fiscalização como metas a serem cumpridas.


Com a ministra Tereza Cristina, Reinaldo Azambuja ainda tratou da construção de 10 estações meteorológicas. “Já construímos várias estações ao longo desses anos e se implantarmos mais 10 vamos cobrir todo o Estado. Isso tem um custo, em torno de R$ 3 milhões, e estamos pleiteando recursos no Ministério da Agricultura, pois ajuda o setor produtivo', disse o governador.


Desenvolvido pelo Governo de Mato Grosso do Sul, o programa Resenha Virtual de Equídeos, para identificação e trânsito de animais, teve a implementação discutida no Ministério. “Já fizemos testes com esse aplicativo e funcionou bem. Agora queremos implementar com aval do Governo Federal. É um programa inovador de MS que poder servir para todo o Brasil', destacou o governador.


Reinaldo Azambuja ainda se reuniu com o secretário especial de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura, Luiz Antônio Nabhan Garcia, para discutir temas relacionados à pasta. Acompanharam o governador nas agendas o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck; o senador Pedro Chaves (PRB); e o deputado federal Beto Pereira (PSDB).

FONTE: midiamax

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium