Quarta, 19 de junho de 2019
(67) 98186-1999 - [email protected]
Concursos

02/01/2019 ás 21h01 - atualizada em 02/01/2019 ás 21h05

318

Aparecido Francisco

Mato Grosso do Sul / MS

Governo não irá abrir novos concursos em 2019, diz Azambuja
Aqueles que estavam dentro do planejamento vão continuar e terão aí sua finalização com a entrada desse servidor no serviço público
Governo não irá abrir novos concursos em 2019, diz Azambuja
Governo não irá abrir novos concursos em 2019

Tentando reduzir o número de folha de pagamento para não ficar no limite prudencial e cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal, o governo de Mato Grosso do Sul, não irá abrir concursos neste ano.


“Aqueles que estão em andamento vão continuar”, assegurou o governador Reinaldo Azambuja se referindo aos certames de segurança pública e da educação. “Aqueles que estavam dentro do planejamento vão continuar e terão aí sua finalização com a entrada desse servidor no serviço público”.


Segundo o jornal Corereio do Estado, o concurso para 450 vagas da Polícia Militar e 176 para o Corpo de Bombeiros está suspenso na etapa do Teste de Aptidão Física (TAF). O da Polícia Civil de 2017 para delegados de polícia, escrivão e investigador está na etapa final, após longa batalha judicial.


Estava autorizado e previsto para o final do ano passado a abertura de 170 vagas para Perito Criminal, Perito Médico Legista, Perito Papiloscopista e de Agente de Polícia Científica. Ainda não houve confirmação de nova publicação de edital.


Quanto ao concurso da educação, Azambuja se referiu as 1,5 mil vagas que estão abertas. O certame para 1 mil docentes já foi realizado em dezembro e sofreu alguns questionamentos dos candidatos.


Por isso a Funrio, que está responsável pelo certame decidiu alterar as datas das próximas etapas. Além disso, as 500 vagas para  a carreira de apoio à educação básica, distribuídas entre os cargos de agente de limpeza, agente de merenda e assistente de atividades educacionais foi transferido para dia 17 de fevereiro.


“A hora que você colocar o professor concursado você deixa de fazer a convocação. Simplesmente troca um servidor concursado por um convocado”, justificou.



 


Quer receber notícias do Site Canaldaqui via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9.9905-7793 e se cadastre gratuitamente!

FONTE: Dourados News

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium