Quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 98186-1999 - [email protected]
Política

28/10/2018 ás 15h00 - atualizada em 28/10/2018 ás 15h06

46

Aparecido Francisco

Mato Grosso do Sul / MS

Ao votar, Azambuja critica ataques e diz que perfil do eleitor mudou
Candidato votou acompanhado da família, por volta das 10h
Ao votar, Azambuja critica ataques e diz que perfil do eleitor mudou
Ao votar, Azambuja critica ataques e diz que perfil do eleitor mudou







O atual governador e candidato a reeleição, Reinaldo Azambuja (PSDB), votou acompanhado da esposa e de dois filhos, por volta das 10h, na manhã, na escola Lucia Martins Coelho. Assim como seu concorrente, Azambuja também criticou o excesso de fake news durante a campanha, mas disse que “a verdade prevaleceu”.

 

Sobre a campanha para o segundo turno, Azambuja afirmou que foi importante para esclarecer as propostas de governo ao eleitor, apontando os avanços que o Estado teve em sua administração, conforme ele.

 

“Muitas coisas aconteceram neste final de segundo turno e foi importante para esclarecer as mentiras contadas durante a campanha. Os dois debates foram muito importantes para posicionar o eleitor do conteúdo de cada uma das candidaturas”, disse.

 

Azambuja também criticou seu concorrente, juiz Odilon (PDT), afirmando que sofreu muitos ataques da campanha adversária e rebateu comentário de que teria sido autor de fake news contra o juiz. “Nós não tivemos nenhuma condenação no TRE, ao contrário do Odilon, que teve dois bunkers. Tiramos dez programas do ar e foram multas sucessivas, nós não tivemos nenhum e isso responde a fala do adversário”, disse.

 

Sobre estas eleições, Azambuja disse que o Brasil vivenciou um clima de grande mudança no perfil do eleitor, principalmente com a ascensão de Jair Bolsonaro (PSL) e que isso acabou prejudicando o PSDB.

 

"Precisamos repensar o partido, quais as bandeiras que sempre defendemos, quais os princípios que sempre fizemos na política, e, agora, reconstruir", afirmou Azambuja.

 

O candidato vai acompanhar a apuração da votação com sua família, em sua residência. Caso reeleito, Azambuja afirmou que o primeiro ato vai ser continuar governando com gestão, que, segundo ele, foi fundamental para ter um governo bem avaliado pela população.


 

FONTE: Correio do Estado

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium