Segunda, 15 de outubro de 2018
(67) 98186-1999 - [email protected]
Saúde

31/08/2018 ás 11h10

57

Aparecido Francisco

Mato Grosso do Sul / MS

Morador de Sidrolândia morre por conta do vírus Influenza H3N2
Em Sidrolândia na última semana um homem morreu vítima do vírus por Influenza H3N2
Morador de Sidrolândia morre por conta do vírus Influenza H3N2
Dorival de Oliveira de 63 anos

Dorival de Oliveira de 63 anos, carinhosamente conhecido pela família como Baú, residente e domiciliado em Sidrolândia, foi mais uma vítima de morte por gripe, subindo para 28 o número de casos em Mato Grosso do Sul.


No caso do sidrolandense, segundo as informações repassadas pela família, ele já sofria a algum tempo de complicações respiratórias, além do bronquite, ele também fazia uso do cigarro desde a infância, após passar por avaliações no hospital de Sidrolândia, foi encaminhado para o Hospital Regional de Campo Grande onde lá veio a óbito.


Na certidão de óbito de Dorival, veio especificado a causa como pneumonia grave, DPOC infectada, influenza H3N2, com esta confirmação, soma 28 mortes pela doença neste ano. Boletim epidemiológico foi divulgado ontem(30) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES).


A Capital sul-mato-grossense concentra mais da metade dos óbitos pela doença. De janeiro até hoje foram 15 mortes em Campo Grande, sendo quatro por Influenza A H1N1, sete por Influenza H3N2 sazonal, três por Influenza B e um por Influenza não subtipado.


Conforme o boletim, das mortes deste ano, dez foram pelo vírus Influenza A H1N1, onze por H3N2, quatro por Influenza A não subtipado e três por Influenza B.


Outras vítimas da gripe são duas pessoas em Naviraí, duas em Costa Rica, duas em Coxim, e uma nos municípios de Alcinópolis, Aquidauana, Chapadão do Sul, Dourados, Nioaque, Três Lagoas e Sidrolândia. Em todo o ano passado, o Estado teve seis mortes por Influenza.


De janeiro até esta quinta-feira, foram notificados 854 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, sendo confirmados 140 deles como Influenza.


DENGUE


Diferente dos casos de gripe, as notificações de dengue são menores do que no ano passado. De janeiro até hoje, foram notificados 3.911 casos suspeitos da doença. Em todo o ano de 2017, notificações somaram 6.201.

FONTE: sidrolandianews

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium