Segunda, 11 de dezembro de 201711/12/2017
(67) 98186-1999
Muito nublado
20º
21º
32º
Sidrolandia - MS
Erro ao processar!
ESPORTES
Flamengo não revela vendas, mas admite que Carabao não será master em 2018
Plano inicial era de que a marca de energéticos assumisse o principal espaço do uniforme rubro-negro no próximo ano. Clube diz que parceira se compromete em, juntos.
Aparecido Francisco Mato Grosso do Sul - MS
Postada em 27/11/2017 ás 15h44
Flamengo não revela vendas, mas admite que Carabao não será master em 2018

Flamengo não revela vendas, mas admite que Carabao não será master em 2018

Flamengo fechou há quase um ano, no dia 30 de dezembro de 2016, a parceria com a Carabao, que vai render, em seis anos, R$ 190 milhões aos cofres do clube. O plano inicial era que a empresa de energéticos estampasse sua marca nas mangas do uniforme rubro-negro em 2017 e virasse patrocinadora master em 2018, mas isso mudou.


Em entrevista ao GloboEsporte.com, feita por e-mail, via assessoria de imprensa, Bruno Spindel, gerente de marketing do Flamengo, admitiu, pela primeira vez, que a Carabao seguirá na manga do uniforme no ano que vem, mas não entrou em detalhes do motivo que resultaram na mudança dos planos:


- Estabelecemos uma parceria de longo prazo entre a melhor bebida energética e a maior equipe de futebol do Brasil. Ambas as partes estão satisfeitas com o desempenho do relacionamento e conscientes dos desafios pela frente. A Carabao comprometeu-se com uma estratégia de longo prazo, cumprindo os compromissos financeiros de 2017 com antecedência e confirmando que permanecerão com a marca na manga da camisa, enquanto discutimos a possível expansão futura do patrocínio - falou.


A Carabao, empresa tailandesa recém-chegada ao Brasil, encontrou dificuldades para realizar a distribuição de seu produto nas grandes redes de varejo e para se firmar no país no primeiro ano da parceria com o Flamengo. As latas do energético não são encontradas, por exemplo, nas principais redes varejistas do Brasil.


Por causa dessas dificuldades de estabilização no mercado nacional, a Carabao atrasou pagamentos ao Flamengo em 2017 - chegou a dever R$ 9 milhões. A dívida foi quitada neste mês.


Até agora, nem Flamengo nem Carabao comentam se a meta de vendas de bebidas está muito aquém do esperado - ou mesmo, quantas latinhas foram vendidas, como está o ritmo das vendas. Nos bastidores, o comentário é de que a meta ainda está longe de ser alcançada. Bruno Spindel, questionado sobre o assunto, não revelou os números:


- Não cabe ao Flamengo comentar sobre os números de vendas ou as metas de vendas da Carabao. Mas, como afirmado anteriormente, a Carabao continua a aumentar sua distribuição e vendas no Brasil. E esperamos que nossa parceria continue a ajudá-los a estabelecer e desenvolver seus negócios, dada a popularidade, o valor da marca Flamengo e o potencial do clube como plataforma de marketing.


Vale lembrar os valores da parceria entre Flamengo e Carabao: no primeiro ano, são R$ 15 milhões pelo espaço na camisa. De 2018 a 2022, seriam R$ 35 milhões por temporada para ocupar o espaço principal do uniforme do clube - os valores não mudarão mesmo permanecendo na manga. Um total de R$ 190 milhões.


No dia 12 de maio, a Carabao anunciou parceria nova com as Lojas Americanas. Antes, vendia em loja oficiais e jogos do Flamengo, além do Multimarket, SuperPrix, Princesa e Maringá. Os produtos são importados, não são fabricados aqui no país. O que significa que, além de mal distribuído, a oferta é muito menor que a demanda.


Para entender melhor os planos da parceria Flamengo-Carabao e a situação da empresa tailandesa no Brasil, o GloboEsporte.com enviou, por e-mail, via assessoria de imprensa, perguntas a Bruno Spindel. Abaixo, os principais trechos das respostas do gerente de marketing do Rubro-Negro, que não entrou em detalhes nos assuntos levantados:


GloboEsporte.com: A empresa enfrentou problemas para se estabilizar no Brasil e tenta, aos poucos, melhorar a distribuição/vendas. O Flamengo tem informações sobre isso? A distribuição melhorou nos mercados do país?


Bruno Spindel: Como a maioria dos participantes no mercado brasileiro, a Carabao utilizou o ano de 2017 para desenvolver um plano de negócios sustentável para o futuro. A aceitação do produto Carabao tem sido muito encorajadora e eles desenvolveram importantes opções de distribuição no Rio. Reiteramos: a Carabao compromete-se com o Brasil e com o Flamengo como parceiro estratégico e juntos conduziremos desenvolvimento deste projeto em todo o país em 2018.


GE: A meta é de 37 milhões de latas vendidas até setembro de 2018. O Flamengo sabe como anda esse número até agora? Pode falar sobre isso? Se não, por quê?


Bruno Spindel: Antes de citarmos a distribuição, há alguns aspectos muito positivos para destacar: Carabao é a melhor bebida energética no mercado e as pessoas que tiveram a chance de beber Carabao adoram. Então, há muita demanda reprimida pelo produto em todo o país.


A empresa está entrando em novos acordos de parceria quase que diariamente com varejistas, distribuidores e pontos de venda em todo o Brasil. A colocação de produtos, o marketing e a ativação da marca certamente aumentarão sua expansão em nível nacional.


Não cabe ao Flamengo comentar sobre os números de vendas ou as metas de vendas da Carabao. Mas, como afirmado anteriormente, a Carabao continua a aumentar sua distribuição e vendas no Brasil. E esperamos que nossa parceria continue a ajudá-los a estabelecer e desenvolver seus negócios, dada a popularidade, o valor da marca Flamengo e o potencial do clube como plataforma de marketing.


Atualmente, a Carabao está presente em diversas regiões e estados do Brasil; Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais, Espírito Santo, Pará entre outros. No Rio, em uma rede de supermercados com mais de 100 lojas espalhadas pelo estado a Carabao já figura como a principal marca em vendas de bebidas energeticas.


GE: A dívida da Carabao com o Flamengo, de R$ 9 milhões, foi quitada recentemente. Foi a matriz da empresa que quitou?


Bruno Spindel: Não divulgamos informações a respeito de pagamentos de nenhum dos nossos parceiros e patrocinadores. Especificamente, é importante dizer que a relação entre o Flamengo e Carabao sempre foi ótima e não há obrigações pendentes por parte da Carabao.


GE: Alguma previsão de lançamento da latinha personalizada do Flamengo?


Bruno Spindel: Existem muitas iniciativas importantes em desenvolvimento com a Carabao e vamos revelá-las à medida que a parceria progredir.


 











 


Globo Esporte

FONTE: Globo Esporte
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium