Segunda, 25 de junho de 2018
(67) 98186-1999
Saúde

22/05/2018 ás 15h32

48

Aparecido Francisco

Mato Grosso do Sul / MS

MS tem quase 50% do público-alvo vacinado contra a gripe
Já morreram 10 pessoas em todo o Estado, superando 2017
MS tem quase 50% do público-alvo vacinado contra a gripe
MS tem quase 50% do público-alvo vacinado contra a gripe

Na reta final da campanha de vacinação contra a gripe, 48,90% do público-alvo do Mato Grosso do Sul foi vacinado. Desde o início da mobilização, em 23 de abril, foram 344.545 doses nos postos de vacinação. A população tem até o próximo dia 1º de junho para tomar a dose em um dos postos de vacinação de todo o País.


A expectativa do Ministério da Saúde é vacinar 54,4 milhões de pessoas até essa data, segundo balanço publicado hoje (22/5) pela pasta. 


A vacina contra gripe é gratuita e reduz as complicações da doença. Ela é indicada prioritariamente para pessoas a partir de 60 anos, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores de saúde, professores, povos indígenas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto) e pessoas privadas de liberdade.


No Mato Grosso do Sul, 10 pessoas morreram em decorrência da gripe nesse ano, conforma dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde. 


Em Dourados, na semana passada foi registrado aumento de 142% no número de pessoas vacinadas.


Até a sexta-feira passada eram 21.156 imunizados, com o incremento da inserção dos idosos ao escalonamento, e também o aumento da procura por parte dos demais grupos que já estavam recebendo a vacina.


No entanto, a meta é vacinar em torno de 80 mil pessoas até 1° de junho, restando ainda, portanto, três quartos do público-alvo.


Cronograma


O cronograma da vacinação entrou na reta final. Até o dia 1 de junho, data prevista para o término da campanha de vacinação, serão vacinados ainda os indígenas, portadores de doenças crônicas, presos e funcionários do sistema prisional. A vacinação acontece das 7h as 11h e das 13h as 17h nos postos de saúde. Qualquer horário excedente terá prévia divulgação.


A vacinação será com uma dose de vacina trivalente, com antígenos para os tipos Influenza A H1N1 e H3N2 e Influenza tipo B, e será feita exclusivamente nos postos de saúde. Para receber a dose, professores, funcionários do sistema prisional e funcionários da saúde precisam apresentar documento que comprove a condição. Doentes crônicos precisam de prescrição médica com o motivo da indicação. Demais grupos precisam apenas de documento de identificação, mas recorrer a unidade de saúde a que está vinculado.


Situação


Segundo o Núcleo de Imunização, Dourados apresentou 2 suspeitas de Influenza em 2018, até aqui. Todos foram considerados negativos, de acordo com exame realizado no Lacen/MS.


No Estado, Campo Grande é o município com mais notificações (167), tendo confirmado 3 casos de H1N1 e 13 casos de H3N2, com cinco mortes. O boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde é de 17 de maio. Em MS, onde são 287 casos notificados e confirmação de 6 de H1N1, 22 de H3N2, 7 de Influenza A não subtipada e 3 de Influenza B.


Já morreram 10 pessoas em todo o Estado, superando 2017 (6 mortes).

FONTE: Dourados News

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium