Terça, 14 de agosto de 2018
(67) 98186-1999
Brasil

21/03/2018 ás 15h04

123

Aparecido Francisco

Mato Grosso do Sul / MS

Exército faz vistoria em sede da tropa de elite da PM do Rio
A inspeção é fechada à imprensa e deve durar todo o dia
Exército faz vistoria em sede da tropa de elite da PM do Rio
Exército faz vistoria em sede da tropa de elite da PM do Rio

O Exército realiza, na manhã desta quarta-feira (21),  uma inspeção na sede do Batalhão de Operações Especiais (Bope), grupo de elite da PM do Rio de Janeiro.


Os militares chegaram com batedores, um ônibus e um caminhão. A inspeção é fechada aos jornalistas e deve durar até o final desta quarta. O Bope ficou famoso no país após o filme “Tropa de Elite”, que retratava o cotidiano do batalhão. Na película, o capitão Roberto Nascimento era vivido pelo ator Wagner Moura.


Na semana passada, o Exército começou a fazer inspeções em Batalhões da PM. O primeiro foi no 14º BPM, em Bangu, área responsável pelo policiamento da Vila Kennedy, comunidade ocupada pelo Exército desde o mês passado.


O objetivo das inspeções é entender o funcionamento dos batalhões. Nesta semana, os militares decidiram acabar com duas Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e reintegrar os policiais ao batalhão de Bangu.


OPERAÇÃO


Além da inspeção no Bope, o Exército realiza na manhã desta quarta uma operação nas principais rodovias federais do Rio e na avenida Brasil, via que corta a capital. A ação estabelece postos de bloqueio, controle e fiscalização nos principais acessos à BR-101 e à RJ 104, e intensifica o patrulhamento na avenida Brasil.


Já a Polícia Militar realiza patrulhamento ostensivo em São Gonçalo, município da região metropolitana. A Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional também participam da ação nas estradas. No total, 1.400 militares das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) e 110 policiais militares participam da operação.


O Exército também deu início a uma operação nas principais rodovias federais do Rio e na avenida Brasil, via que corta a capital.


A ação estabelece postos de bloqueio, controle e fiscalização nos principais acessos à BR-101 e à RJ 104, e intensifica o patrulhamento na avenida Brasil.


Já a Polícia Militar realiza patrulhamento ostensivo em São Gonçalo, município da região metropolitana.


A Polícia Rodoviária Federal e Força Nacional também participam da operação nas estradas.


A secretaria de Segurança comandada pelo general Richard Fernandez Nunes mobilizou 1.400 militares das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica) e 110 policiais militares, com apoio de veículos blindados e aeronaves.


Essa é a primeira operação desde que o Exército decidiu deixar a Vila Kennedy. A saída da comunidade da zona oeste foi antecipada pela Folha nesta terça (20).


Laboratório do Exército no primeiro mês de intervenção federal, a Vila Kennedy será desocupada até o início de abril.


A partir daí, apenas a Polícia Militar vai ficar responsável pelo patrulhamento da região.


Atualmente, a operação na favela conta com 300 militares que patrulhavam as ruas de dia e igual contingente de PMs a noite. No dia 23 de fevereiro, quando a operação teve início, 3.200 militares participaram da ação.


O Exército também voltou ao patrulhamento na Vila Kennedy. 

FONTE: Folhapress

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium