Sábado, 18 de novembro de 201718/11/2017
(67) 98186-1999
Parcialmente nublado
24º
33º
36º
Teresina - PI
Erro ao processar!
BRASIL
Sancionada lei que qualifica atendimento a mulheres em situação de violência
Também foram incluídas novas diretrizes quanto ao local do atendimento e registro dos depoimentos.
Jornalista Aparecido Francisco Mato Grosso do Sul - MS
Postada em 11/11/2017 ás 11h57
 Sancionada lei que qualifica atendimento a mulheres em situação de violência

Casa da Mulher Brasileira em Campo Grande

O presidente da República, Michel Temer, sancionou projeto que altera a Lei Maria da Penha, criando regras que qualificam o atendimento policial e a perícia junto a mulheres em situação de violência doméstica.


A Lei nº 13.505, de 8 de novembro de 2017, determina, entre outras mudanças, que esse trabalho deve ser prestado, preferencialmente, por servidoras do sexo feminino previamente capacitadas.


A lei também traz garantias quanto às perguntas e questionamentos, que devem priorizar a saúde psicológica e emocional da mulher; protegê-la do contato com os agressores; e evitar a não revitimização, isto é, questionamentos sucessivos sobre o mesmo fato em diferentes fases do processo.


Também foram incluídas novas diretrizes quanto ao local do atendimento e registro dos depoimentos.


As políticas e planos de atendimento às mulheres em situação de violência devem priorizar, segundo determina a Lei nº 13.505, a criação de Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deams), de Núcleos Investigativos de Feminicídio e de equipes especializadas para o atendimento e a investigação das violências graves contra a mulher.


Atendendo a demandas de organizações e órgãos do governo dedicados à defesa da mulher, apenas um artigo do texto original foi vetado pelo presidente Temer. O item conferia à polícia autoridade para aplicar medidas protetivas. 

FONTE: Correio do Estado
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium