Sábado, 18 de novembro de 201718/11/2017
(67) 98186-1999
Parcialmente nublado
24º
33º
36º
Teresina - PI
Erro ao processar!
POLÍTICA
Para Rodrigo Costa, CREA MS precisa valorizar todos os profissionais e atuar em defesa da sociedade
Engenheiro ambiental é candidato à presidência do CREA MS. Eleição será dia 15 de dezembro
Jornalista Aparecido Francisco Mato Grosso do Sul - MS
Postada em 09/11/2017 ás 20h39
Para Rodrigo Costa, CREA MS precisa valorizar todos os profissionais e atuar em defesa da sociedade

Engenheiro ambiental é candidato à presidência do CREA MS. Eleição será dia 15 de dezembro

Entre as prioridades do programa de trabalho do candidato Rodrigo Costa está a valorização dos profissionais do CREA MS, assunto pouco abordado nos últimos. “Temos que trabalhar para que os profissionais sejam valorizados e isso só vai acontecer quando houver cumprimento do piso salarial para os profissionais tanto em órgãos públicos quanto privados e quando o CREA MS investir em cursos, inclusive EAD, para qualificar os profissionais”, explica Rodrigo. A declaração foi dita em entrevista concedida nesta sexta-feira (20) ao programa Capital Meio Dia, da Rádio Capital 95 FM, de Campo Grande. 


Outro objetivo considerado prioritário para o engenheiro ambiental Rodrigo Costa é a transparência. Conforme explica o candidato, hoje, o portal da transparência do CREA MS não funciona de forma correta. “O CREA MS arrecada cerca e R$ 20 milhões por ano, precisamos saber detalhadamente onde esses recursos são aplicados, quais os fornecedores, quantas diárias são pagas, a transparência é um dever fundamental que tem que ser cumprido”.


Rodrigo, que é formado há dez anos e sempre atuou na área, ressaltou, durante a entrevista, a importância do fortalecimento dos jovens profissionais no mercado de trabalho. Para o candidato, o CREA MS tem condições de aplicar de forma efetiva programas como CREA JUNIOR, que permitem não só a qualificação dos jovens profissionais, mas o estreitamento entre eles e a sociedade. 


Por fim, um dos pilares da candidatura de Rodrigo Costa, é a proteção da sociedade. “O CREA MS tem por função a fiscalização do profissional, mas não pode se prender a isso, o conselho tem sido omisso em questões importantes para sociedade como as obras faraônicas que vemos por ai, pontes desmoronando, e são questões diretamente ligadas ao exercício da profissão, por isso o CREA MS não pode mais se omitir”.


A campanha segue até dai 15 de dezembro, data em que será realizada a eleição para escolha do novo presidente do CREA MS. 


Quem é Rodrigo Costa 


Rodrigo é formado pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Logo após de formado foi aprovado em concurso público do Imasul, órgão no qual trabalhou durante cinco anos. Nesse período, o engenheiro ambiental atuou no setor de fiscalização e adquiriu experiência como líder de sua equipe assim como em atuar frente a processos de fiscalização no setor público.


Após sair do Imasul, Rodrigo fundou a Exata Ambiental, juntamente com dois sócios, alguns anos depois, o profissional se desvinculou da sociedade e fundou a Costa Engenharia, empresa da qual é proprietário atualmente que desenvolve projetos na área de engenharia ambiental.


A ideia de registrar uma candidatura para disputar a presidência do CREA MS partiu de um grupo de profissionais que se consideram insatisfeitos com forma como a atual diretoria administra o conselho. “Por ser um profissional do sistema e estar constantemente precisando de seus serviços, vejo que o CREA ultimamente vem desenvolvendo algumas atividades para melhoria do sistema, porém, muito aquém das expectativas de seus usuários. O CREA precisa ser mais atuante em defesa do profissional e da sociedade e não pode se prender apenas à fiscalização de pequenas obras”, afirma Rodrigo.


 


Share Conteúdo


 


Assessoria de Comunicação Rodrigo Costa 


 

FONTE: Assessoria
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2017 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium